MSC inaugura Seaview na chegada ao Brasil com madrinha Xuxa Meneghel

Xuxa Meneghel, madrinha da MSC no Brasil, corta a fita ao lado do CEO da MSC, Gianni Onorato, e do comandante do MSC Seaview, Giuseppe Galano

SANTOS – A MSC Cruzeiros acaba de inaugurar oficialmente o MSC Seaview no Brasil, o maior e mais moderno transatlântico a navegar pela costa brasileira em toda a história. Com uma festa para mais quase dois mil agentes de viagens, operadores e convidados do trade, a MSC realizou a cerimônia de inauguração com a presença da madrinha da MSC no Brasil, Xuxa Meneghel, do comandante do MSC Seaview, Giuseppe Galano, do CEO da MSC, Gianni Onorato, e do diretor geral da MSC no Brasil, Adrian Ursilli.

Gianni Onorato, CEO da MSC, Giuseppe Galano, comandante do MSC Seaview, Xuxa Meneghel, madrinha da MSC no Brasil, e Adrian Ursilli, diretor da MSC no Brasil

O primeiro a subir ao palco foi o comandante do MSC Seaview, Giuseppe Galano, que emocionado contou sua história dentro da MSC, da relação com o Brasil e do orgulho de comandar um dos navios mais modernos da indústria global de cruzeiros. “Eu trabalho desde 2005 nos navios de cruzeiro da MSC, mas comecei nesta família em 1996. E todos vocês também fazem parte dela. O meu amor é tão grande que resolvi casar com uma linda mulher brasileira”, revelou Galano. “Estamos no navio com o maior espaço ao ar livre já projetado na indústria, feito exatamente para climas quentes e ensolarados como o Brasil. Sou muito feliz de ser o comandante deste navio mais solar e mais feliz do mundo”, completou.

 

Adrian Ursilli, diretor da MSC no Brasil, Gianni Onorato, CEO da MSC, Xuxa Meneghel, madrinha da MSC no Brasil, e Giuseppe Galano, comandante do MSC Seaview

O CEO da MSC, Gianni Onorato, por sua vez, afirmou que o MSC Seaview foi desenhado para o Brasil. “Tem áreas externas como nenhum outro navio no mercado de cruzeiros. É uma embarcação que conta com uma grande quantidade de serviços e opções de entretenimento e que elevam a viagem a um outro nível. Estamos aqui para celebrar a chegada do Seaview no Brasil, que é um mercado estratégico para a MSC. São 22 anos de história e desde que chegamos e sempre trouxemos os melhores e mais modernos navios para cá. E hoje não seria diferente, já que trazemos o Seaview que irá mudar a indústria brasileira de cruzeiros marítimos”, frisou Onorato.

 

Giuseppe Galano, comandante do MSC Seaview

Orgulhoso, o CEO ainda afirmou que nenhuma outra armadora cresce como a MSC. “São mais 14 novos navios que chegarão nos próximos anos. Quase 25% de todos os transatlânticos entregues serão lançados pela MSC. Ninguém cresce como a gente. E no Brasil, o Seaview se une agora ao Orchestra, Poesia e Fantasia para promover uma temporada que embarcará 280 mil passageiros. Por conta disso, gostaria de agradecer aos agentes de viagens pela parceria e colaboração. Sempre trabalharemos com vocês neste país. Agradecer também a Xuxa. Esperamos trazer muitos mais barcos ao Brasil nos próximos anos e sempre poder conta com nossa madrinha”.

Gianni Onorato, CEO da MSC Cruzeiros

A madrinha Xuxa Meneghel não escondeu a emoção de inaugurar mais um navio da MSC no Brasil. “Tenho tantas histórias lindas na MSC. Já levei toda a minha família, a festa de 15 anos da minha filha eu fiz embarcada num navio da MSC. Eu levo o nome MSC comigo porque tem tudo que eu realmente acredito. Estou muito feliz de ver um navio tão bonito em nosso Brasil, onde a gente acredita que não pode melhorar, aí vem a MSC e coloca um navio desta dimensão. Parabenizo o comandante. Aqui todos trabalham com sorriso no rosto e me tratam como rainha. Meu muito obrigado”, disse Xuxa.

Adrian Ursilli, diretor da MSC no Brasil

O diretor geral da MSC no Brasil, Adrian Ursilli, agradeceu a toda a equipe da MSC, ao comandante Giuseppe Galano, ao CEO Gianni Onorato, à madrinha Xuxa e aos agentes de viagens. “Todos são parte fundamental da história da companhia. Entre todos que estão aqui e que trabalham conosco, tem um pedaço do coração brasileiro. O maior e mais moderno navio de cruzeiro chegou à sua casa, onde permanecerá pelos próximos quatro meses. É uma obra prima da arquitetura e o mais bonito navio da indústria. Trabalhamos muitos anos para nos tornarmos líderes no Brasil e isto não seria possível sem o suporte e confiança de nossos parceiros. Obrigado”, disse Adrian.

FONTE:MERCADO EVENTOS

Anúncios

EMOCIONANTE ! : NESTA QUARTA-FEIRA(5-12) OCORREU A GRANDE FINAL DO DANCING BRASIL 4!

47496919_10155366419192255_8430332868546265088_n

O Dancing Brasil é o melhor Programa da Tv Brasileira, e encerrou sua quarta temporada nesta Quarta(5-12-2018) sob apresentação Xuxa Meneghel e Junno Andrade!

47573681_10155366645687255_7633733155169501184_n

Foi perfeito, emocionante e tudo de bom!
Com comentários dos Jurados Jaime Arôxa, Fernanda Chamma e Paulo Goulart filho , os finalistas foram a voto popular ! E quem decidiu foi o público!
E a grande Vencedora, foi Pérola Faria!

47321042_10155366508092255_5883043604158480384_n

Saiba tudo o que ocorreu na Grande final:

47374796_10155366279122255_7267412448146096128_n

-A Equipe de produção participou da abertura da grande final do Dancing Brasil 4
-Pérola Faria e Fernando dançaram rumba embalados por hit do filme A Star Is Born
-A Dupla Amaral e Bruna sambaram muito ao som de Agamamou
-Sucesso da banda Evanescense embalou apresentação de Luciana Andrade e Marquinhos
-Allan Souza e Carol sensualizaram em coreografia de tango ao som de Selena Gomez
-Hit do Imagine Dragons marcou última dança de Pérola Faria e Fernando
-Coreografia de Amaral e Bruna animou a plateia ao som de OneRepublic
-Luciana Andrade e Marquinhos fizeram a apresentação final de Shut Up and Dance
-Sucesso do filme O Rei Do Show embalou coreografia de Allan Souza e Carol
-Bailarinos emocionaram em última apresentação no palco do Dancing Brasil

ganhadora
-Pérola Faria foi a grande vencedora do Dancing Brasil 4

dancingbrasil junior

E não percam , dia 19 de Dezembro tem o Especial “Brasil Junior”, agora vai ser a hora dos baixinhos dançarem e se apresentarem pertinho da Rainha Xuxa!

Vai ser lindo!!!!!!!!

 

ESPECIAL DE FIM DE ANO: EDIÇÃO KIDS DO DANCING BRASIL ,TRARÁ CRIANÇAS FAMOSAS DAS NOVELAS DO SBT , ALÉM DE FILHA DE RODRIGO FARO DA RECORDTV!

CRINANÇAS FAMOSAS DANCING BRASIL JUNIOR

Assim como o pai, a herdeira de Rodrigo Faro e Vera Viel, Maria, fará sua estreia na TV. E ao lado de ninguém menos que Xuxa Meneghel.
A pequena fará a edição kids do Dancing Brasil, que será exibida pela Record TV neste mês de dezembro, como espécie de especial de final de ano.

Assim como na versão adulta, o reality será apresentado por Xuxa, porém, o repórter não será Junno Andrade como acontece na versão adulta, e sim, Jean Paulo Campos. Boa parte dos participantes, foram revelados em novelas do SBT.

Matheus Ueta, de Carrossel, Lorena Tucci e Kaik Pereira, de Chiquititas, Leonardo Oliveira, que fez Carinha de Anjo, já estão confirmados na competição de dança.

“Eu vou fazer agora o especial Dancing Brasil Jr. Isso eu to pensando como uma presente, porque todo mundo na Record sabe o carinho e a vontade que eu tenho de trabalhar com criança. Já ganhei o presente de Natal antecipado da Record fazendo o Dancing Brasil Jr”, falou Xuxa, em recente entrevista.
A apresentadora ainda disse que o especial pode servir como análise para a direção da emissora e que a atração corre o risco de ganhar uma temporada toda no ano que vem. Primeiro, precisa dar certo como especial. 

Xuxa canta parabéns ao vivo em festa de aniversário da filha de Deborah Secco

MARIAFLOR

Deborah Secco e Hugo Moura celebraram os 3 anos da filha, Maria Flor, neste domingo, 2 de dezembro, Centro Cultural Goiabeira Coisa & Tal, na Barra da Tijuca, no Rio. A festa contou com uma presença para lá de especial.

Xuxa cantou seu tradicional parabéns, que há muitos anos anima os aniversariantes e convidados, pouco antes de cortar o bolo. Com microfone na mão, a apresentadora ficou ao lado da aniversariante e dos pais dela na festa, que teve o tema “A Bela e a Fera”.

MARIAFLOR2

Entre os convidados que foram cantar parabéns para a menina, além da própria Xuxa, estavam Carolina Dieckmann, Flávia Alessandra e Otaviano Costa com Olívia, Aline Dias e Rafael Cupello com Bernardo e Mouhamed Harfourch com Clarissa Eyer e os filhos Bento e Ana Flor, entre muitos outros.

Xuxa Meneghel surge deslumbrante na festa de 25 anos da revista CARAS

47209135_10155354633987255_613512438733602816_n47247681_10155354634042255_5957649492487438336_n47268547_10155354634122255_659604541695590400_n47082552_10155354634192255_6375177514033086464_n47104222_10155354634237255_6408200357930860544_n

Xuxa Meneghel chegou deslumbrante em um  vestido longo vermelho à festa de 25 anos da revista CARAS, que acontece na noite desta quinta-feira, 29, na Cidade das Artes, na zona oeste do Rio de Janeiro.

 Lindíssima, a apresentadora foi muito requisitada tanto pela imprensa como por outras celebridades.

No red carpet da celebração, a loira posou com Camilla Queiroz, a ex-paquita e agora atriz Bianca Rinaldi e Adriana Bombom, que também pertenceu ao elenco de seus programas.

 Em entrevista no evento, a atriz falou da emoção de conhecer a apresentadora.

“Eu fiquei muito emocionada! Todo mundo sonha em conhecer a Xuxa um dia. Todos nós somos baixinhos da Xuxa, pra mim foi uma alegria imensa conhecê-la”.

 A estrela homenageou recentemente a revista pela data, celebrando as grandes entrevistas e capas histórias que protagonizou ao longo destes 25 anos de história da CARAS Brasil.

FONTE: CARAS

XUXEXO: PRODUTOR AMERICANO AFIRMA QUE XUXA MENEGHEL PODERIA TER SIDO MAIOR DO QUE OPRAH !


xuxaxuxexo

Dos episódios mais emblemáticos da carreira de Xuxa Meneghel, um dos menos conhecidos pelos brasileiros é aquele sobre a breve experiência da rainha dos baixinhos como estrela da televisão nos Estados Unidos. No auge da carreira dela, no começo dos anos 1990, o Brasil tinha se tornado pequeno para sua apresentadora mais famosa, ao mesmo tempo em que vários executivos do mercado americano de entretenimento buscavam uma artista de carne e osso (e, de preferência, com carisma e sex appeal de sobra) capaz de encarnar os sonhos do público infantil, que então só encontrava ídolos no mundo da ficção: Mickey Mouse, o Pato Donald e companhia.

Um desses executivos era Tom Lynch, um expert em programas infantis certa vez descrito pelo “The New York Times” como o David E. Kelley do mundo televisivo das crianças, em referência ao produtor que lançou hits da telinha como “Picket Fences” e “Ally McBeal”. Assim que soube da existência de uma certa loira brasileira que havia conquistado a América do Sul, Lynch tratou de procurá-la e logo propôs uma parceria, que foi prontamente aceita. “Foi a combinação perfeita! A Xuxa queria estrear nos EUA e eu precisava de alguém exatamente como ela”, o executivo disse em entrevista exclusiva ao Glamurama, concedida por telefone diretamente de seu escritório em Los Angeles.

A produção de “Xuxa” começou em meados de 1992, e apesar do público alvo da atração ser formado por baixinhos gringos, o orçamento era de gente grande. O diretor, Gary Halvorson, tinha no currículo vários episódios da sitcom “Roseanne”, naqueles tempos a mais assistida pelos americanos, e a produtora contratada foi a MTM Enterprises, fundada pela icônica Mary Tyler Moore e mais tarde comprada pela 20th Century Fox. De acordo com Lynch, a ideia era fazer do programa um produto específico para “syndication”, um sistema altamente lucrativo que existe praticamente só nos EUA e permite a negociação direta entre os produtores com os canais de TV.

Quem dominava esse segmento na época, ainda em sua fase popularesca, era Oprah Winfrey: a rainha de todas as mídias, como ficou conhecida mais pra frente, chegava a faturar US$ 80 milhões (R$ 308,5 milhões) por ano vendendo os episódios de seu “The Oprah Winfrey Show” para uma infinidade de estações que guerreavam entre si para tê-la em sua programação. Mas o que Lynch tinha em mente para a intérprete de “Ilariê” era algo ainda maior. “Xuxa é uma artista como poucas vezes vi na vida, capaz de se conectar com sua audiência imediatamente, como Elvis [Presley]. Não tenho dúvidas de que ela poderia ter sido até maior do que Oprah”, disse o executivo.

“Xuxa” debutou nas manhãs da TV americana no dia 13 de setembro de 1993, com custos semanais estimados entre US$ 150 mil (R$ 578,4 mil) e US$ 200 mil (R$ 771,2 mil), uma soma de respeito que rendeu um cenário caprichado e a contratação de vários assistentes de palco para sua protagonista. O mais famoso era o urso panda Jelly, que chamava tanta atenção quanto outra coadjuvante, a atriz Natasha Pearce, única Paquita americana. “Foi um estouro, tivemos uma média de 3 milhões de telespectadores por episódio, um número enorme que seria ainda maior hoje em dia”, lembrou Lynch antes de citar o canal infantil “Nickelodeon”, que com todos os seus shows não passa dos 8 milhões de telespectadores diários.

Ainda na ativa, ele afirma que sempre viu em Xuxa alguém com a capacidade de se tornar “a porta-voz de uma geração”, lembrando que os pequenos de 1993 são os “millennials” atuais, a fatia da população formada por pessoas nascidas a partir do começo dos anos 1980 que agora é a mais disputada pelos anunciantes. “Nos anos 1990 ela só perdia para Michael Jackson entre os famosos mais adorados pelas crianças em todo o mundo. Todos queriam contratá-la: a Disney, a Warner… Xuxa tem um pensamento muito progressivo e sempre esteve aberta ao novo, o que é fundamental no showbiz”, contou o executivo.

A alegria, no entanto, durou pouco. Mais por causa da concorrência que gerou e menos em razão do figurino sexy de Xuxa, como sempre foi dito no Brasil, o show americano dela não foi renovado para uma segunda temporada. “A Xuxa assustou muitos gigantes, a Warner entrou em cena logo para reagir ao sucesso dela”, Lynch explicou. “Além disso, os horários televisivos começaram a ficar caros, e a MTM não quis bater de frente com essa gente. Não fosse isso, ‘Xuxa’ teria sido um fenômeno, uma máquina de fazer dinheiro como jamais se viu em Hollywood. Ela é uma estrela orgânica, daquelas que nunca perdem o brilho”.

Lynch afirma que ainda mantém contato telefônico com Xuxa (“Nos falamos umas duas vezes por ano, mas nunca discutimos trabalho”), apesar de que se demonstrou surpreso ao saber do rompimento pessoal e profissional dela com a ex-agente Marlene Mattos, em 2002. “Jura!? Depois de anos lado a lado!? Mas, verdade seja dita, isso é muito comum entre as superestrelas…”, ponderou. E ao ser informado de que em breve a mãe de Sasha Meneghel Szafir voltará a ter um programa semanal na televisão da Argentina (na Telefé, onde ela apresentou o “El Show de Xuxa” entre 1991 e 1993), o produtor foi taxativo sobre um eventual revival nos States: “Tenho certeza de que ainda há muito espaço para Xuxa na TV americana”. (Por Anderson Antunes)

OprahWXuxaM

FONTE: GLAMURAMA UOL

BASTIDORES DA SEMI-FINAL DA QUARTA TEMPORADA DO DANCING BRASIL !

IMG_20181128_175446996_BURST000_COVER_TOP

Eu Tidinha ( Criadora do Blog Xuxa Rainha Encantada) e minha mãe Val , estivemos presentes na Semi- Final da Quarta Temporada do Dacing Brasil ,que ocorreu ao vivo nesta Quarta-feira(28-11-2018) na Recordtv e Xuxa Meneghel como sempre foi atenciosa com todos!
46931888_10155352449002255_8250787163805843456_n
Nossa Rainha Xuxa, arrasou em Look Vermelho deslumbrante
Vestido: @txiello Cinto: @rosacha
Calçado: @santalollanorteshopping

IMG_20181128_223129583
E olha quem esteve presente na Platéia , a Maria, segunda mãe de Xuxa que faz quitutes maravilhosos para ela!

dancing-brasil-29112018003248299.jpeg
A atração , foi 2 programas dentro de 1 ! Foram Eliminados 2 artistas: Juliana Rios e Bernardo Velasco

E FICARAM PARA A FINAL : LUCIANA DO ROUGE, O JOGADOR DE FUTEBOL AMARAL E A ATRIZ PÉROLA
Quem será que vai ganhar? Para saber, torcer e votar fiquem ligadinhos na grande final que ocorrerá na próxima Quarta-feira(5-12-2018) ás 22:45 da Noite na Recordtv!


Confira acima ,um video que Tidinha fez dos Bastidores da Semi-Final do Dancing Brasil 4 (28-11-2018), se não conseguir assistir por aqui, acesse pelo You Tube:https://www.youtube.com/watch?v=_EIYEg64tMY