COLUNA DA XUXA : “Apaixonar-se é um Presente Precioso”

13329057_618132135008784_2004638185_n

“No mês passado, por causa do Dia dos Namorados, as pessoas falaram muito de romance, relacionamento, amor… Isso me deixou com vontade de escrever sobre algo que, sem dúvida, todos nós já vivemos ou ainda viveremos: apaixonar-se, ter um grande amor, anular-se para ver a felicidade do outro. Afinal, ficar cego, surdo e, muitas vezes, mudo… é amar!

Enquanto a relação existe, tudo parece um conto de fadas. No entanto, quando acaba, muitas vezes nos perguntamos: como pude amar essa pessoa e fazer tanto por ela? Eu e tantos outros somos exemplos de que, durante o período do relacionamento, tudo é lindo. Mas ao terminar é simplesmente feio, ruim e, às vezes, um tanto quanto desastroso.

Porém, nem por isso deixamos de buscar uma história de amor perfeita com direito a um “… e viveram felizes para sempre”. Mas sabemos que chegar a essa frase é coisa para uma minoria. Aliás, me arrisco a dizer que se trata de uma tribo em extinção, pois ter respeito, amor, carinho e admiração por alguém está cada vez mais raro ou rápido. E, lógico, para alcançar a categoria de conto de fadas o romance precisa durar até que a morte separe os apaixonados.

Com a minha pequena experiência (comparada à de tantas criaturas), vou dar uma singela sugestão. Isso talvez possa ajudar alguém, já que eu, aos 53 anos, estou com uma pessoa que encheu minha vida de música, poesia, amor, carinho, risadas… E, olha, se para mim é um pouco mais (no caso, era), pois minha vida, o meu trabalho e o meu nome meio que afastam as pessoas. Por aí, dizem, muita gente tem medo de chegar a mim. Se fosse verdade, eu deveria ficar realmente sozinha, mas se encontrei alguém, se aconteceu comigo, então, pode rolar com você também.

O que é preciso para o seu rei, príncipe ou sapo chegar à sua vida? O livro PRESENTE PRECIOSO pode ajudá-la a achar essa resposta. Não é um lançamento, mas a obra do autor Spencer Johnson passa uma mensagem capaz de auxiliar as pessoas a encontrarem a felicidade dentro de si mesmas. E, segundo ele, a solução para os problemas difíceis são quase sempre surpreendentemente simples. Beijos! “

Para enviar sugestões para a coluna da Xuxa na Revista Viva: vivamais@maisleitor.com.br